Bairro: Guarajuba
Distrito: Monte gordo
Município: Camaçari - BA.
Costa de Camaçari, KM42
Telefone (71) 3379 -7205
  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Facebook Ícone

/@guarajubashopping

GUARAJUBA

logo euamoguarajuba.png

Para saber tudo que Guarajuba tem a oferecer, acesse o site www.euamoguarajuba.com.br e aprecie esse Paraíso da Costa de Camaçari.

 

Andar por Guarajuba é contemplar uma fusão perfeita entre a natureza e o desenvolvimento, o público e o privado, o histórico e o contemporâneo. Seu nome é originado do tupi-guarani, “garça dourada”, em alusão a coloração marrom das aves muito presentes no local, que com o reflexo solar, suas penas ganham uma linda cor reluzente dourada. Das heranças indígenas aos apelos gastronômicos e culturais, a região de Guarajuba é um destino completo para quem quer lazer, diversão, esporte ou tranquilidade.

 

E esse pedaço de paraíso já era bem frequentado desde a época do Descobrimento. Enquanto o primeiro núcleo de habitantes que deu origem ao atual Município de Camaçari abrangia terras ocupadas por indígenas e aldeados pelos jesuítas, em 1562, as terras de Guarajuba ainda eram território  dos guaranis e faziam parte do maior latifúndio que se tem notícia no mundo, englobando 800 mil quilômetros quadrados de terras – de Salvador até o Maranhão, tendo como sede a Casa da Torre de Garcia D´Ávila, que chegou à Bahia em 1549, com o primeiro governador geral, Thomé de Souza, no cargo de almoxarife da coroa real, tendo a missão de fundarem a cidade de Salvador.

 

Com a abolição da escravatura e esse enorme latifúndio sendo desmembrado, as primeiras intervenções para ocupação de Guarajuba tiveram início com uma fazenda de cultivo de cocos e formação de uma vila de pescadores, fato que pode ser confirmado pelas pessoas que visitam o local, pois os descendentes desses homens que tiravam sua renda do mar, ainda são vistos à beira da Praia do Porto de Guarajuba, na Associação dos Pescadores.

 

As primeiras casas chegaram à terra das garças douradas no final da década de 70, quando houve o loteamento dos terrenos. Ainda sem infraestrutura, sendo apenas um destino de descanso e veraneio, Guarajuba deu os primeiros sinais de crescimento econômico e turístico em 1982, com a criação do primeiro condomínio (Condomínio Paraíso), fincando assim, a cultura condominial na região. Com o surgimento de novos condomínios, em 1987 estruturou-se a ASCON (Associação dos Condomínios e Moradores de Guarajuba), responsável pela organização até os dias atuais, fazendo com que Guarajuba seja um bairro de destaque em todo o Brasil.